Tour de France 2017: Lascaux, Nuits Saint Georges, Marselha e um piscar de olho para os JO 2024!

P41_Dia02_

Nuits Saint Georges, uma das etapas mais esperadas do Tour 2017

Apresentado na ultima terça feira em Paris, o itinerário do 104º Tour de France  já leva corredores e seguidores a preparar esse evento tão especial do esporte popular francês. Saindo de Dusseldorf, na Alemanha, e passando pela Bélgica e pelo Luxemburgo, a maior prova do ciclismo mundial atravessará em 2017, pela primeira vez há 25 anos, os cinco maciços montanhosos da França: Vosges, Jura, Pirenéus, Maciço Central e Alpes. Concentradas no leste e no sul, as 21 etapas são bem equilibradas entre as planícies favorecendo os “sprinters” e as montanhas esperadas pelos “escaladores”.

O mapa do Tour 2017

O mapa do Tour 2017

Do ponto de vista esportivo, mesmo se o numero de ascensões diminui de 28 para 23, o Tour de France 2017 continua destacando a montanha. Três linhas de chegadas foram traçadas no final de subidas de dificuldade máxima, nos cumes dos Vosges (em Planche des Belles Filles), dos Pirenéus (em Peyragudes, onde foram filmadas cenas do James Bond “O amanhã não morre”), e dos Alpes (no lendário Passo do Izoard). Outros grandes passos estão no itinerário, incluindo o Galibier, perto de Serre-Chevalier nos Alpes, ou o  Balès nos Pirenéus. Os diretores do Tour lembraram também que o Jura será percorrido pela primeira vez com três passos e umas descidas espetaculares levando para Chambery.

A gruta de Lascaux IV

A gruta de Lascaux IV

Se o Tour é procurado por todos os municípios franceses pela sua poderosa atratividade, alguns pagando de 60.000 a 1.000.000 de Euros para ser escolhidos, quatro etapas turísticas vão especialmente agradar os espectadores: Lascaux, com a abertura do Centro Internacional da Arte Parietal de Lascaux IV no próximo mês de dezembro , Nuits Saint Georges, nos prestigiosos vinhedos da Borgonha, final de um percurso incluindo também Gevrey Chambertin e Clos Vougeot,  Marselha, capital européia  do Esporte em 2017, e Paris.

O Hall central do Grand Palais

O Hall central do Grand Palais

No percurso da ultima etapa em Paris, o Tour de France mostrará seu apoio a candidatura da cidade para os Jogos Olímpicos de 2024. Os corredores atravessarão o hall principal do “Grand Palais”, o lugar escolhido para hospedar as competições de esgrima e de taekwondo. Durante os Jogos, e para respeitar uma tradição já velha de 42 anos, as provas de ciclismo serão também nos Champs Elysées. A decisão do Comité Olímpico Internacional será anunciada dia 13 de Julho, o dia da etapa de Peyragudes, na véspera da festa nacional francesa. Um bom sinal para o Tour de France e para a candidatura de Paris?

Jean-Philippe Pérol

Paris - France - wielrennen - cycling - radsport - cyclisme - Romain Bardet (FRA-AG2R-La Mondiale) - Christopher - Chris Froome (Norway / Team Sky) - Nairo Quintana (COL-Movistar) pictured during stage 21 of the 2016 Tour de France from Chantilly to Paris, 113.00 km - photo Cor Vos © 2016

Os vencedores do Tour de France 2016

PERCURSOS E DISTÂNCIAS  DAS ETAPAS DO TOUR 2017
Data. Etapa. Km
01-julho 1. Düsseldorf – Düsseldorf  13 km
02-julho 2. Düsseldorf – Liège 202 km
03-julho 3. Verviers – Longwy 202 km
04-julho 4. Mondorf-les-Bains – Vittel 203 km
05-julho 5. Vittel – La Planche des Belles Filles 160 km
06-julho 6. Vesoul – Troyes 216 km
07-julho 7. Troyes – Nuit-Saint-Georges 214 km
08-julho 8. Dole – Station des Rousses 187 km
09-julho 9. Nantua – Chambéry 181 km
10-julho Repos Repos
11-julho 10. Périgueux – Bergerac 178 km
12-julho 11. Eymet – Pau 202 km
13-julho 12. Pau – Peyragudes 214 km
14-julho 13. Saint-Girons – Foix 100 km
15-julho 14. Blagnac – Rodez 181 km
16-julho 15. Laissac-Sévérac l’église – Le Puy-en-Velay 189 km
17-julho Descanço
18-julho 16. Le Puy-en-Velay – Romans-sur-Isère 165 km
19-julho 17. La Mure – Serre-Chevalier 183 km
20-julho 18. Briançon – Izoard 178 km
21-julho 19. Embrun – Salon-de-Provence 220 km
22-julho 20. Marseille – Marseille  23 km
23-julho 21. Montgeron – Paris 105 km

“Tour de France” 2016, privilegiando montanhas e riquezas turísticas

Mont-St-Michel

Depois de dois anos começando no exterior, na Holanda (Utrecht 2015) ou na Inglaterra (Leeds 2014), o “Tour de France” escolheu de homenagear uma das maiores atrações francesas, o Mont Saint Michel, para dar o inicio da sua 103a edição com uma etapa na Normandia, ligando a Maravilha do Ocidente e as praias do Dia D. O roteiro completo da mais prestigiosa corrida ciclista foi anunciado dia 20 de Outubro, com muitas surpresas para alegrar não somente os esportistas mas também os turistas.

O circioto do Tour de France 2016

O circuito do Tour de France 2016

A montanha vai ser muito prestigiada. O “Tour de France” chegará no dia 14 de Julho no temido Mont Ventoux, e passará sua ultima semana nos arredores do Mont-Blanc. No total serão nove etapas de montanhas, as mais dramáticas mas as mais queridas dos torcedores, com vinte e nove passos e quatro linhas de chegadas nos topos em Andorra, no Mont Ventoux, em Finhaut-Emosson e em Saint-Gervais Mont-Blanc. Uma das duas etapas do famoso “contra o relógio” será também disputado  perto do Mont-Blanc. E se oito etapas foram desenhadas nas planícies para ajudar os “sprinters”, é claro que essa nova edição do “Tour” vai, segundo o próprio Christian Prudhomme, diretor da corrida, favorecer os especialistas da montanha, seja nos Alpes, nos Pirenéus ou nos vulcões da Auvergne.

Grotte Chauvet

A Caverna do Pont d’Arc, replica da “Grotte Chauvet”, patrimonio da UNESCO

Se o “Tour” guardou um toque internacional, com breves passagens na Espanha, em Andorra e na Suíça, ele deu, esse ano, um cuidado especial na valorização das novidades e nas riquezas do turismo francês. Além do Mont Saint Michel e das praias da Normandia, terá algumas paradas em lugares especiais  que vão alegrar os seus seguidores. DSCN0049 - copieDestacam-se assim Carcassonne – com as suas muralhas fortificadas patrimônio mundial da UNESCO -, a Gruta Chauvet – também recentemente listada pela UNESCO-, ou a estação de esqui de Megève tão querida pelos brasileiros. No meio das 273 candidaturas de municípios querendo receber o “Tour”, os organizadores também escolheram alguns charmosos vilarejos como Sainte-Marie-du-Mont (Normandia), Arpajon-sur-Cère (Auvergne), L’Isle-Jourdain (Midi Pyrénées), Villars-les-Dombes (Jura), Moirans-en-Montagne (Jura), Finhaut (Suiça) —, talvez para se preparar melhor com o contrasta da tradicional chegada nos Champs-Elysées em Paris.

Jean-Philippe Pérol

Chegada do Tour de France nos Campos Eliseus

Chegada do Tour de France nos Campos Elísios

 

 

DA INGLATERRA, A LARGADA DO “TOUR DE FRANCE” 2014

tour_de_france_2014cafp_photo_thomas_coex (1)

Enquanto a Copa continua (sem a França mas com o Brasil), começa hoje uma outra grande competição esportiva, o Tour de France (a volta da França ). Maior competição ciclista do mundo, ela reúne cada ano os maiores profissionais desse esporte muito popular na França, na Europa e nos Estados Unidos. Esse ano serão 219 corredores dumas vinte nacionalidades, infelizmente sem nenhum brasileiro. CYCLING-ESP-MALLORCA-CHALLENGE-FISHERMuito poucos participaram desse evento, sendo os mais famosos o Mauro Ribeiro que chegou a ganhar uma etapa em 1991, e mais recentemente o Murilo Fisher que participou três vezes, sendo a ultima vez no ano passado quando declarou que seria mais importante para ele ganhar o Tour de France que ganhar a Copa…

A aventura começou em 1903 quando o jornal L’Auto quis organizar uma corrida ciclista para competir com seu concorrente Le Velo. Eram 2500 km em somente seis etapas, os corredores tinham que consertar eles mesmo as suas bicicletas e se organizar para comer, beber e dormir. MdS 754 du 16 07 59 La uneDos 60 participantes de cinco nacionalidades que saíram de Paris, só 21 estavam na chegada depois de parar em Lyon, Marselha, Toulouse, Bordeaux e Nantes com etapas de até 19 horas. O favorito, Maurice Garin, ficou na frente de ponta a ponta. Com o sucesso, o evento perdurou e só parou durante as duas guerras mundiais, festejando em 2013 o centésimo Tour.

O Tour 2014 tem muitas novidades. tour_de_france_atout_france-pascal_greboval_1A primeira é de começar na Inglaterra, na cidade de Leeds, com um total de três etapas até Londres. Com algumas entradas na Bélgica e na Espanha, as ambições de ser ainda mais  internacional serão assim confirmadas. Uma nova prova – 16 quilômetros numa estrada pavimentada com paralelepípedos- deve ser muito seletiva. São esperados mais de 15 milhões de espectadores espalhados nos 3600 quilômetros das 21 etapas. Os grandes destaques desta festa popular serão as etapas de montanha (esse ano nos Alpes, nos Pirenéos e na Alsácia) e a grande chegada nos Champs Elysées dia 27 de Julho.

Para todas as cidades e as regiões atravessadas, o Tour é uma fantástica ocasião de mostrar seus recursos turísticos para os milhões de seguidores que ficam torcendo mas também bebendo, comendo ou aproveitando alegres piqueniques em família ou com amigos. Esse ano a Champagne, Rhône Alpes, a Provence, Midi Pyrénées ou a Aquitânia poderão mostrar suas belezas – incluindo vários sítios tombados pela Unesco como por exemplo 5 das mais famosas fortalezas construídas por Vauban.

photoVarias operadoras oferecem tours para seguir pedalando (de leve) os passos dos heróis desse Tour de France. Mas, mesmo sem ser um grande profissional da bicicleta, para quem está viajando na França durante o mês de Julho, assistir a uma etapa do Tour, em Paris ou mais ainda no interior, é uma experiência mágica. Experimente!

Jean-Philippe Pérol

DSCN0043

As etapas

TRECHO TIPO DATA ROTEIRO DISTANCIA
1 Plano  5 de Julho Leeds > Harrogate 190.5 km
2 Acidentado 6 de Julho York > Sheffield 201 km
3 Plano 7 de Julho Cambridge > Londres 155 km
4 Plano 8 de Julho Le Touquet-Paris-Plage > Lille Métropole 163.5 km
5 Acidentado 9 de Julho Ypres > Arenberg Porte du Hainaut 155.5 km
6 Plano 10 de Julho Arras > Reims 194 km
7 Plano 11 de Julho Épernay > Nancy 234.5 km
8 Acidentado 12 de Julho Tomblaine > Gérardmer La Mauselaine 161 km
9 Acidentado 13 de Julho Gérardmer > Mulhouse 170 km
10 Montanha 14 de Julho Mulhouse > La Planche des Belles Filles 161.5 km
Descanço 15 de Julho Besançon
11 Acidentado 16 de Julho Besançon > Oyonnax 187.5 km
12 Plano 17 de Julho Bourg-en-Bresse > Saint-Étienne 185.5 km
13 Montanha 18 de Julho Saint-Étienne > Chamrousse 197.5 km
14 Montanha 19 de Julho Grenoble > Risoul 177 km
15 Plano 20 de Julho Tallard > Nîmes 222 km
Descanço 21 de Julho Carcassonne
16 Montanha 22 de Julho Carcassonne > Bagnères-de-Luchon 237.5 km
17 Montanha 23 de Julho Saint-Gaudens > Saint-Lary Pla d’Adet 124.5 km
18 Montanha 24 de Julho Pau > Hautacam 145.5 km
19 Plano 25 de Julho Maubourguet Pays du Val d’Adour > Bergerac 208.5 km
20 Contra o relogio 26 de Julho Bergerac > Périgueux 54 km
21 Plano 27 de Julho Évry > Paris Champs-Élysées 137.5 km