Festuris em Gramado, o turismo brasileiro que dá certo!

Mesmo esperado, o sucesso da Festuris impressionou

Pela sua 31° edição, o mais charmoso dos grandes encontros do turismo brasileiro bateu recordes e superou as expectativas. A FESTURIS, Feira Internacional de Turismo de Gramado, contou essa ano com 17 mil participantes, incluindo 11 mil visitantes profissionais, um crescimento global de 5% que mostrou que o evento deixou de ser limitado a região Sul do pais. 35% dos agentes registrados vieram dos outros estados do Brasil ou dos países do Mercosul . E nos 25 mil metros quadros do Serra Park, os organizadores celebraram a presença de 2.700 marcas expostas vindo dos quatro cantos do Brasil e de 65 destinos internacionais. Mostrando eficiência e produtividade, a FESTURIS teve também como destaque mais de 4 mil agendas de reuniões que geraram novos recordes de faturamento para os participantes.

Gramado e seus moradores são o primeiro fator de sucesso

Se o sucesso de FESTURIS se deve a vários fatores, o primeiro é sem dúvida a própria cidade de Gramado. Assim como Deauville para a  antiga Top Résa, Cannes para o ILTM, ou Marrakech para Pure Life Experience, Gramado oferece para o seu maior evento um quadro perfeito. São infraestruturas reunidas num espaço pequeno que facilitam os deslocamentos, hotéis de todos os níveis de conforto mas todos de qualidade, um palácio dos festivais  e um centro de convenções extremamente prático. Mas importante ainda para o viajante é a visível apropriação pelos moradores da vocação turística da cidade. Alem de limpeza e segurança, os Gramadenses oferecem aos visitantes um atendimento e um respeito que fazem das ruas da cidade locais aconchegantes onde multiples animações podem ser oferecidas.

O espaço Wedding foi um dos lançamentos mais bem sucedidos

Iniciada pelos organizadores há alguns anos, a segmentação das ofertas foi sem dúvidas uma visão de futuro. O turismo de niche e a procura de experiências especificas é uma grande tendência desses últimos anos, e FESTURIS soube responder com espaços personalizados respondendo as especificidades dos expositores de cada atividade ou segmento.  Ao tradicional Espaço Luxury, se somaram os espaços Termalismo e Bem-Estar, Viagem pela Cultura e Costumes, Business, Tech e Corporativo, Sustentabilidade e Acessibilidade, Entretenimento, Gastronomia, um muito concorrido salão Wedding e uma ampla area para o turismo LGBT. Esses espaços, bem como os potenciais de outras ofertas temáticas ou de outros segmentos de mercado, contribui muito ao sucesso de FESTURIS 2019.

No jantar do Guilherme Paulus, Eduardo Sanovicz, Magda Nassar, Newton Cardoso, Caroline Putnoki e Jean-Philippe Pérol

Durante as solenidades  da festa de abertura, nas emoções das entregas dos Troféus Amigos do Festuris, no concorrido e sofisticado jantar que Guilherme Paulus organiza no Saint Andrews, nas palestras ou nas mesas redondas da “Meeting Festuris”, nos encontros casuais nos corredores da feira, Marta Rossi e Eduardo Zorzanello souberam também criar um clima descontraído e profissional que atrai cada vez mais os lideres e os influenciadores do trade. Na competição entre as grandes feiras de turismo do Brasil, onde destacam-se outras fortes lideranças brasileiras como Carolina Perez, Luciana Leite e Magda Nassar, a capacidade de gerar encontros, debates, palestras e discussões informais, contribuindo assim a entender e definir as grandes tendencias do mercado, é hoje para FESTURIS um fator importante de sucesso.

Jean-Philippe Pérol

Esse artigo foi inicialmente publicado no Blog “Points de vue” do autor na revista profissional on line Mercados e Eventos

Visitar Marselha, a cidade rebelde

Brasil à Francesa

Foto: @blue_tinkerbell

Não é apenas por constar no badaladíssimo ranking do New York Times, “50 lugares para ir em 2019”, que Marselha é, sem duvidas, a cidade francesa a visitar este ano. Fundada por marinheiros gregos de Phocaea, chamada Massalía pelos romanos, ela foi desde a antiguidade não somente um importante porto comercial do Mediterrâneo mais ainda uma cidade multicultural e rebelde.

Miscigenação das culturas mediterrânicas, Marselha mudou nos últimos anos sua cara marcada por seu passado industrial e portuário e virou uma cidade de espetaculares renovações urbanas.

Com cinco dicas, convido você a descobrir os novos hotéis e restaurantes altamente frequentáveis, a incrível arquitetura e as ofertas culturais das mais vanguardistas na beira do Mar Mediterrâneo.

1. As Calanques,  enseadas as vezes acessíveis apenas pelo mar, merecem a viagem

Quando descobri Marselha há quinze anos atrás, eu fui impressionada por este cenário incrível de falésias calcárias dominando o azul…

Ver o post original 609 mais palavras

O litoral francês, destino dos Brasileiros? – Brasil à Francesa

Nos anos 60, Brigitte Bardot já cantava a doçura do verão “na praia ensolarada” e a melodia nos transportava pelas estradas da França. Imaginávamos os parisienses fugindo coletivamente da cidade para ficarem aglutinados na Côte d’Azur ou nas praias da Aquitânia ou talvez em Búzios que encantava a artista.  Desde 1936  (data da lei sobre…
— À lire sur brasilafrancesa.com/2018/08/14/o-litoral-frances-destino-dos-brasileiros/

Sébastien Vauxion, o chef pâtissier das alturas

Brasil à Francesa

Isto é inédito na França, um restaurante gourmet dedicado inteiramente às sobremesas. No SarKara, o restaurante do K2 Palace em Courchevel, o chef patissier executivo Sébastien Vauxion oferece todas às tardes um menu totalmente doce. Durante a minha recente visita a Courchevel, o conheci e conversei com ele sobre o conceito que descobri por acaso.

Portrait Sébastien Vauxion-photo Didier Bouko

Sébastien Vauxion forjou seu know-how, suas técnicas pessoais e desenvolveu seu paladar com grandes nomes em pastelaria e cozinha francesa como Pierre Hermé e Pierre Gagnaire. Um alquimista de gosto, Sébastien toca com audácia e com certa delicadeza, gostos e sabores clássicos para sublimá-los. Ele ajusta magistralmente o equilíbrio, resultando em trabalhos originais delicados. “Você pode ter uma refeição só com sobremesas”, explica. “O todo não é exagerar sobre o açúcar, é necessário manter o equilíbrio”. Visualmente, suas criações adicionam arte ao assunto. Sébastien Vauxion inspira-se em tudo o que o rodeia, colocando um olhar original…

Ver o post original 131 mais palavras

”La Liste” 2018 dos 1000 melhores restaurantes do mundo destaca o Chef Guy Savoy

“La liste”, a imperdível lista dos 1000 melhores restaurantes do mundo, esse ano com o DOM, o Fasano, o Maní e o Olympe representando o Brasil!

Brasil à Francesa

jdg_8487_1.jpg
Ocorreu, no início de dezembro deste ano, a cerimonia da 3ª edição de « LA LISTE » (A Lista) no Quai d’Orsay, em Paris, sede do Ministério francês das Relações Exteriores, na presença dos 40 maiores chefs e donos de restaurantes internacionais vindo dos 5 continentes. Colocando a gastronomia francesa como prioridade nacional, o Président Emmanuel Macron patrocinou a premiação.

Baseada em um algoritmo com mais de 550 fontes gourmets especializadas, LA LISTE visa criar a melhor seleção gastronômica internacional – competindo ao mesmo tempo com o famoso World’s 50 Best Restaurants cuja seleção sempre criou a controversa, especialmente na França.

Pelo contrario, La Liste pretende ser mais representativa de opiniões internacionais, respeitando um método imparcial e objetivo e trabalhando com guias estabelecidos (por exemplo, Michelin), revistas de referência (por exemplo, New York Times), bem como fontes mais recentes (por exemplo, Cubapaladar, primeiro guia cubano …).

Para seus fundadores, ela…

Ver o post original 553 mais palavras

Uma outra visão da Amazônia com o Mirante do Gavião

Um olhar da Amazônia francesa sobre os novos empreendimentos turísticos do Rio Negro

Brasil à Francesa

Durante uma recente estadia na minha região brasileira predileta, descobri o Mirante do Gavião, um hotel surpreendente no meio da natureza, a um pouquinho mais de duas horas de Manaus. Meio lodge de selva e meio hotel design, o conceito agrada amantes de natureza, viajantes em busca de experiência e clientes sofisticados acostumados ao melhor conforto e atendimento.

A arquitetura do hotel é muito diferente de todos os hotéis que já vi na Amazônia. Inspirado dos barcos de madeira tradicionalmente construídos na região, a estrutura redonda dos quartos e do restaurante se integra naturalmente e suavemente no meio ambiente. Nenhuma arvore foi cortada do terreno. A suite familiar de dois andares, que oferece uma vista imperdível sobre o Rio Negro, foi construída em volta de uma castanheira enorme.

Mirante do Gavião. © Foto Sitah

O hotel conta com 7 suites só. O restaurante Camu Camu, cujo cardápio rivalisa…

Ver o post original 325 mais palavras

Harmonize um queijo francês com vinho francês

Brasil à Francesa

Com minha equipe, acabamos de escrever e divulgar um comunicado sobre harmonizações de queijos e vinhos que fogem da cartilha, para impressionar seus convidados nas festas do final do ano. Quero divulgar com vocês porque achei muito legal e passei muito tempo procurando essas harmonizações que no final são muito pessoais…;-)

É verdade que as comemorações do fim do ano são uma excelente ocasião para os apaixonados por vinhos e gastronomia degustarem um bom rótulo acompanhado por um delicioso queijo francês.

A recomendação para os dias mais quentes, como os nossos, são os vinhos mais leves e refrescantes. Brancos, rosés e espumantes são os mais indicados para nossa estação, pois em sua maioria oferecem maior frescor ao paladar.

Os deliciosos queijos da campanha “Abra Seu Paladar”, realizada pelo CNIEL (Centro Nacional Interprofissional da Economia Leiteira da França) e pela União Europeia, são excelentes opções para harmonizar com os vinhos que saem…

Ver o post original 202 mais palavras

Um, dois, três… restaurantes em Paris que gostei

Brasil à Francesa

Mesmo se parece déjà vu, ainda insisto para dizer que entre os destinos gastronômicos, Paris fica  incomparável. A cidade luz propõe opções para todos os paladares e bolsos.

Durante minha ultima estadia lá, tive a oportunidade de provar alguns com estilos totalmente diferentes.

O primeiro, com uma localização incrível é um must no verão. O segundo, intimista, oferece um momento de simpatia muito agradável. O terceiro, bistrô moderno, transforme qualquer almoço de negócios em um momento delicioso.

MonsieurBleuO badalado Monsieur Bleu fica na beira do Rio Seine, no Palais de Tokyo, e oferece uma vista imperdível sobre a Torre Eiffel. A cozinha proposta é moderna e leve, e oferece bastante peixes e legumes, tudo gostoso e saboroso. É melhor reservar pois o lugar, frequentado pelos glamourosos da capital, é muito corrido.

Endereço: 20 Avenue de New York, 75116 Paris.

Longe do barulho da “nightlife” parisiense, LePetitVatel3
Le Petit Vatel, localizado no bairro Saint-Germain…

Ver o post original 212 mais palavras

Cartão postal da Île de Ré

Brasil à Francesa

DSCN8441Entre vinhedos e salinas, a Île de Ré, na região Charente-Maritime, frente à La Rochelle, oferece um charme ao qual não resisti! Pequenas ruas cheias de casas enflorescidas cada uma mais linda que outra. As leis de proteção ambiental e arquitetural protegeram o patrimônio e a natureza e reforçaram  o estilo de viver característico do litoral atlântico. Em agosto passado, paramos alguns dias na casa de amigos, localizada no chiquerimo vilarejo de Ars-en-Ré onde se escondem os mais discretos artistas parisienses e os políticos, longe de Saint-Tropez e do tumultuo da Côte d’Azur. Aqui, você troca a Ferrari para a Mehari, e vai na feira de rua comprar ostras de bicicleta.DSCN8464

A ilha foi fortificada no final do século 17 pelo famoso Vauban e os oito quilômetros de muralhas e o porto fortificado de Saint Martin, foram decretadas em 2008 “patrimônio mundial da humanidade”. O farol das baleias é…

Ver o post original 254 mais palavras

Meu dia com a neta de Marlon Brando em Tetiaroa

Brasil à Francesa

“Eu me chamo Tumi, eu sou sua guia naturalista”.

DSCN9308 Tumi, Guia naturalista da Associação Te Mana O Te Moana

A bela e muito simpática Polinésia, que faz parte da associação de proteção Te Mana O Te Moana,  conhece cada pedaço de coral do átol de Tetiaroa e adora mostrar aos visitantes a fauna e a flora desse paraíso familiar. Adquirido logo depois do filme “Os amotinados do Bounty”, pelo famoso Marlon Brando em 1966 para ser seu refúgio pessoal, o átol – lindo de tirar o fôlego – acolheu há menos de um ano um deslumbrante resort de luxo idealizado seguindo o sonho do ator: impacto “carbon zero”, proteção maximum desse frágil meio ambiente e modelo ecológico para as ilhas da Polinésia.

Uma experiência ecológica fora do comum

Começamos a excursão da lagoa explorando um dos 12 motus (ilhotas em polinésio): o motu Reiono, um dos raros motus tendo uma mata primaria…

Ver o post original 427 mais palavras