Atentados em Paris, mensagem da Embaixada da França!

Paris 13 Novembre
Após os ataques terroristas de 13 de novembro que deixaram a França em luto, eu gostaria de agradecer profundamente a todos aqueles no Brasil que têm nos enviado mensagens de condolências e de solidariedade, em primeiro lugar a mensagem da Presidente Dilma Rousseff e do governo brasileiro.
Convido todos os que desejarem a se juntarem às vigílias que acontecerão em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife neste domingo, 15 de novembro, às 17h (horário de Brasília). Organizadas pela Embaixada e pelos Consulados-Gerais da França no Brasil, essas vigílias nos permitirão homenagear as vítimas e prestar nossa solidariedade aos franceses e fortalecer a nossa união contra os terroristas.
Como disse o Presidente da França, Sr. François Hollande, os terroristas “não podem ter dúvidas de que têm diante deles uma França determinada, uma França unida, uma França reunida e uma França que não se deixará impressionar, ainda que hoje ela expresse uma emoção infinita a respeito desse drama e dessa tragédia que é abominável, por ser uma barbárie”.
Muitas medidas foram tomadas imediatamente na França para reforçar a segurança das pessoas. Essas medidas implicam em um reforço dos controles de segurança e o restabelecimento desses controles nas fronteiras com os outros países do Espaço Schengen. As fronteiras não estão fechadas. As conexões aéreas e ferroviárias internacionais, inclusive com o Brasil, funcionam normalmente.
De acordo com as informações das quais dispomos até o momento, nenhuma ameaça específica contra a comunidade francesa ou contra os interesses franceses no Brasil foi identificada. No contexto atual, é expressamente recomendado estar atento. A Embaixada e os Consulados-Gerais permanecem em contato direto com as autoridades brasileiras para assegurar que todas as medidas possam ser tomadas, de modo a garantir a segurança da nossa comunidade.
Enfim, nós desejamos a pronta recuperação dos cidadãos brasileiros feridos durante os ataques e afirmamos nossa solidariedade com suas famílias.
Um número de telefone foi disponibilizado para ligações do exterior: +33 (0) 1 45 50 34 60.

Laurent Bili

Embaixador da França no Brasil

1280px-Eugène_Delacroix_-_La_liberté_guidant_le_peuple

Air France em Brasília! Pioneirismo e fé no futuro brasileiro.

EDI_7781

Com o mesmo espírito de pioneirismo que já caracterizou toda a sua história no Brasil, Air France inaugurou dia 31 de Marco um novo voo para Brasília, terceiro destino no Brasil, depois de Rio de Janeiro e São Paulo. fotoO voo direto de Paris – Charles de Gaulle para o aeroporto Juscelino Kubitschek em Brasília tem três frequências semanais (segundas, quartas e sextas) e é operado por um Boeing 777-200 . Na ida o voo sai às 22h40 e chega em Paris às 14h20 do dia seguinte, na volta  é um voo de dia que sai  às 13h30 e chega em Brasília às 19h15.

Sonhada desde os anos setenta, esse primeiro voo foi festejado com todas as honras. aacf6aa8920c0ada5f04b78c2c33b0a2Teve recepcão na embaixada da Franca, autoridades no aeroporto cortando a fita tradicional com o diretor geral da Air France, Frederic Gagey, bombeiros batizando o avião com jatos de água e felizes convidados embarcando para quatro dias de festa em Paris a convite da Atout France e dos seus parceiros.

Esse voo é sem duvida uma boa noticia para todos os viajantes brasileiros, os brasilienses, claro, mas também todos aqueles que moram no Centro-Oeste e na Amazônia. EDI_8274Com a parceria inaugurada em 2009 e reforçada em 2014 com a GOL, 28 aeroportos vão integrar o code share, levando cidades como Belém, Campo Grande, Goiânia, São Luiz, Manaus ou Cuiabá a se sentirem mais próximas de Paris…

Oportunidades e promoções poderão até interessar viajantes vindo do sul do país, de Minas ou do interior de São Paulo. Mas com somente 35 voos semanais para França (sendo 28 do Grupo Air France), os brasileiros estão esperando ainda mais lugares e mais opções para o seu destino favorito na Europa.

Os próximos passos da Air France, a chegada do Airbus 380 nos próximos meses, e o aumento das frequências para Brasília se o sucesso se confirmar, são agora esperados com muito otimismo. E a médio prazo, para enfrentar a concorrência dos EE-UU ou do Portugal que interligam mais de dez capitais brasileiras, a abertura de novas rotas, especialmente no Nordeste, será imprescindível.

Até lá, parabéns e Merci Air France por apostar no crescimento dos fluxos turísticos entre a Franca e o Brasil!

1149051_449887515108740_1156909534_n

 

Jean-Philippe Pérol

 

Novo voô MANAUS-BELEM-LISBOA, parabens TAP!

Image

Temos que parabenizar a TAP pela decisão de abrir no próximo mês de junho uma nova rota entre Manaus, Belém e Lisboa. Muito bem interligada com os Estados Unidos, a Amazônia carece de ligações para Europa enquanto a procura exista. Na Europa a magia da época da borracha, os mitos do Teatro (aonde a Sarah Bernhardt nunca se produziu, mas importa?) ou do Mercado municipal de Manaus, a onda ecológica sobre a floresta amazônica pulmão do mundo, já criaram uma grande procura. Não tem duvida que, com a viagem facilitada e encurtada de cinco ou seis horas, os fluxos de turistas portugueses, franceses, espanhóis ou italianos podem agora dobrar ou até triplicar.

Para os amazonenses e os paraenses, o voo direto (com excelentes conexões) vai abrir novas oportunidades, e as agencias e as operadoras de Manaus ou de Belém já devem saber que o turismo francês està pronto a acompanhar-los na criação de novos produtos. Com viagem mais simples, novos pacotes serão possíveis, mais baratos, mais curtos, mais de ultima hora também…

 ARA MANAUS 1977A minha emoção de amazonense de coração – e com uma esposa vindo da Amazônia francesa – quando soube dessa noticia foi que eu ai me relembrei a extraordinária aventura que vivemos com a Air France em Manaus no dia 31 de Março 1977. Nesse dia inaugurou uma nova rota Paris Manaus. Visão pioneira do Salvador Pares, então Diretor da Air France para América do Sul, apoiado na escala de Caiena, capital da Amazônia francesa, esse voô era não somente uma rota mais direta para Lima, mas uma aposta no fluxo de passageiros e de carga trazidos pelo desenvolvimento da Zona Franca de Manaus. Um sonho a altura das loucuras de Fitzcarraldo, um Jumbo 747 pousando no coração da Amazônia… Mas pousou!

Com um apoio promocional criativo e intenso das sedes da Air France em Paris e no Rio de Janeiro, com uma equipe local com grande motivação, o voô perdurou até novembro de 84 quando foi vencido pela crise econômica dos anos 80 no Brasil e a guerra civil no Peru. Fechou, mas o pioneirismo ficou.

1414672_10152059768819314_1463220759_n30 anos depois, a realidade do Brasil e o impressionante desenvolvimento de Manaus sustentam um novo projeto, essa vez para Lisboa. Para França, novas perspectivas estão agora também se abrindo nessa região promissora, reconquistando antigos clientes ou seduzindo novos viajantes, seja aproveitando esses voos da TAP (e as conexões para Paris, Bordeaux ou Nice), seja utilizando as novas rotas da Air France saindo de Brasília, ou lembrando da rota de Caiena.

Jean-Philippe Pérol

MAO 2eme VOL 00000479

Chegada do primeiro 747 kombi em MAO Junho 1978