Veneza: mais perigos para a Sereníssima!

Os monstros em Veneza!

Monstros em Veneza, isso era o nome da exposição de fotos que devia ser inaugurado no Palácio dos Doges pelo famoso fotografo italiano Gianni Berengo Gardin. Aproveitando o 72mo aniversario da Mostra, e a Bienal Internacional de Arte, o artista queria denunciar, com uma série de 27 impressionantes fotos em preto e branco, os perigos que representam os navios de cruzeiro gigantes que navegam no canal da Giudecca ou vão beirando as costas no “inchino” que já derrubou o Costa Concordia. Já expostas em Milano, essas fotos relançaram o debate sobre a proibição desses monstros no Centro histórico de Veneza cujos 50.000 habitantes não suportam mais as ameaças sobre a arquitetura e o meio ambiente.

O Prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, não gostou das fotos e decidiu proibir a exposição. Mais sensível as consequências financeiras a curto prazo (2 milhões de pessoas descem dos cruzeiros cada ano),  ele defende a permanência desses navios gigantes que o governo italiano quis proibir sem sucesso em 2013, GONDOLESe empurrou para frente a escolha entre varias soluções propostas para resolver o problema: uma plataforma flutuante fora da cidade (mas teria que propor traslados incómodos para os passageiros e as suas bagagens), um novo terminal no porto industrial de Marghera, ou a construção dum novo Canal evitando a Praça São Marcos. Moradores, ecologistas e profissionais do turismo, estão seguindo os avanços para  uma solução que permitiria, sem proibir os turistas ou os navios de cruzeiro, preservar o acervo de Veneza.

Gianni Berengo Gardin

A preocupação dos amigos da Sereníssima com o novo Prefeito vão alem da arquitetura. Denunciado em várias ocasiões – inclusive num artigo da Mr Mondialisation -, Luigi Brugnaro já censurou varias manifestações culturais. Sob os protestos de artistas como Adriano Celentano e Elton Jones, proibiu mais de 49 livros nas escolas e nos colégios da cidade porque não gostava de conteúdos com temáticas ligadas ao racismo, as deficiências ou a homofobia. Carnaval de VenezaCriticado em todas as mídias da Itália, ele insistiu e mandou também proibir a Gay Pride, até agora organizada com sucesso nessa cidade com grandes tradições de festas e de Carnaval. Mas é provável que Luigi Brugnano será obrigado a recuar. De Goethe a Ernesto Hemingway e de Proust a Byron, foram tantos os escritores  inspirados por essa cidade mágica da qual Truman Capote dizia que “Descobrir Veneza é comer uma caixa inteira de chocolate com licor duma vez só…”!

Esse artigo foi traduzido e adaptado de um artigo original de Serge Fabre na revista profissional Pagtour.net

DSCN2023

Um pensamento sobre “Veneza: mais perigos para a Sereníssima!

  1. Pingback: Mais ameaças para Sereníssima? | "Le Blog" do Pérol

Deixar comentario

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s